Seguidores

quinta-feira, 12 de fevereiro de 2015

Asas da Luftwaffe - Arado 234 Blitz

Episódio - Arado 234 Blitz 
Ao contrário da "asa voadora", Horten Ho IX, que só teve protótipos operacionais, o Arado Ar-234 Blitz foi operacionalizado em 7/1943 e teve produção em série. Foi o 1° Bombardeiro a jato, sendo ainda Multifunção e inaugurou várias inventivas, na aviação, que permanecem até aos dias de hoje. Versátil, teve muitas variantes: Reconhecimento, Reconhecimento Armado, Bombardeiro, Bombardeiro Noturno e Caça Noturno (equipados com o radar FuG 218 Neptun V). Houveram, ainda, outras versões em testes como a da exótica Plataforma Lançadora do mini caça Arado E-381, que foi abandonada...
Os primeiros protótipos, dado a urgência com que estavam sendo pressionados todos os fabricantes de artefatos bélicos alemães, naqueles últimos meses da IIGG, começaram a ser testadas soluções que economizassem materiais estratégicos já rarefeitos, devido aos constantes bombardeios dos principais depósitos, fábricas e cidades alemães.
http://4.bp.blogspot.com/_0a67GongyHY/TGnD21hp1pI/AAAAAAAABOQ/2N8dmv_MG2k/s1600/Arado-234-042.jpg
No início o Arado Ar-234, em todas suas versões, tanto as com turbinas Jumo 004B, quanto com as BMW 003 (naceles unitárias ou geminadas), foram testadas um conjunto triciclo-ski de ascensão e pouso ( vide vídeos ), onde o primeiro era descartado logo que o avião alçava vôo e o ski servia para a aterrisagem. Tal solução foi usada no avião-foguete Messerschmitt Me-163 Komet. Mas quase sempre, resultava em acidentes desde raspagem das pontas das asas, danificando-as, até incêndios, logo na série B foram dotados de trem de aterrissagem retrátil.
http://1.bp.blogspot.com/_0a67GongyHY/TGiyFEOeWwI/AAAAAAAABOA/SfOwhOBXjqM/s1600/Arado-234-009.jpg 
Entre suas primazias tecnológicas, o Arado Ar-234 Blitz, inaugurou o 1° piloto-automático (PATIN), lançou o 1º pára-quedas de frenagem. Era equipada com a mira telescópica Lotfe (Lotfernrohr 7C/K), assessorada por um computador auxiliar analógico BZA=Bombenzielanlage fur Sturzflug (o 1º a ter estabilização giroscópica).
http://1.bp.blogspot.com/_0a67GongyHY/TGxttpLsMRI/AAAAAAAABOY/0_DcOXUGl7U/s1600/Arado-234-057.jpg
A Lotfe era similar, em eficiência e eficácia, a famosa mira telescópica norte-americana Norden, mas com surpreendente simplicidade e manutenção mais fácil. O reconhecimento da excelência das Lotfe foi tão marcante que, após a Guerra, os ianques tentaram equipar muitos B-25 Mitchels com elas.
Ela, junto com o PATIN, podia ser programada para a realização de um vôo automático e pilotar o avião até a soltura das bombas no alvo trancado no periscópio-telescópio RF2C para bombardeio razante. Os controles da mira estavam diretamente ligados ao piloto automático, corrigindo a trajetória do avião conforme as necessidades e sem a intervenção do piloto, largando automaticamente as bombas quando se dava o momento certo. O Arado-234 fazia de sua cabine de plexyglass e arranjos de instrumentos a mais avançada da IIGG.
http://4.bp.blogspot.com/_0a67GongyHY/TGixlZ-EjDI/AAAAAAAABN4/djhgizJjLw4/s1600/Arado234Cabin.jpg
O Arado-234 Blitz possuía, também, acento ejetável, cabine pressurizada, tanques elijáveis e um rastreador de radar.
Ao contrário dos muitos projetos que ficaram nas pranchetas dos engenheiros, técnicos e desenhistas do Reichsluftahrtministerium =Ministério de Aviação do Reich, o Blitz realizou missões de grande relevância, como o levantamento detalhado de todos os movimentos dos Aliados na Europa, inclusive toda operação na Normandia, fotografando os desembarques de tropas e cargas nas praias que culminaram no dia “D”.
http://2.bp.blogspot.com/_0a67GongyHY/TGiwpdImNtI/AAAAAAAABNo/1i19moVMWDE/s1600/Arado-234-024a.jpg 
Participou, também, de missões de bombardeios na ofensiva alemã nas Ardenas, bombardeando aeródromos aliados, pontes estratégicas como a de Ludendorff em Remagen, no Reno, que havia sido capturada pelos aliados. Tais ataques realizados pelo III/KG foram ferozes.
Porém, como caça noturno, realizou poucas missões frutíferas apesar do excelente radar FuG 218u Neptun V e, também, o avançadíssimo anti-radar FuG 350 Naxos ZR, uma contra-medida que avisava se o Arado-234 estava sendo seguido por Mosquitos ou outro caça britãnico noturno equipado com radares AI Mk IV.
http://4.bp.blogspot.com/_0a67GongyHY/TGixD1LCg3I/AAAAAAAABNw/9jP6N1AjuF8/s1600/Arado-234-016.jpg
O Arado-234B-2, versão bombardeiro, em seu peso máximo, era demasiado para as potências máximas, tanto das turbinas Junkers Jumo, quanto das BMW, cuja carga bélica máxima era de 1.500 kg de bombas (pilones ETC-503) sob as naceles do motor, era necessário o assessoramento do sistema RATOG = Rocket-Assisted Take-Off Gear = Sistema de Ascensão Por Foguetes Auxiliares Walter HWK501
Arquivo Re-Upado

Download Comum

Resto do Post

Nenhum comentário :

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails